segunda-feira
29 de Maio de 2017 - 23:36
Subscrever feed Add to Google Subscrever num leitor de feeds
 
Destaque
A grande festa dos livros aos quadradinhos
 
Destaque
Só os “lobos” sobem o rio até Mértola
 
AGENDA
“Cores do chá” em exposição no IPBeja
semana
 
Encontrado corpo de menino desaparecido em São Torpes++
 
Presidente do Tarrafal em Moura ++
 
Pedro do Carmo questiona Governo sobre energias renováveis++
 
Lince ibérico solto em Mértola++
 
CDU visita obra autárquica nas freguesias de Beja++
 
Três detidos por tráfico de droga em Zambujeira do Mar++
 
Aljustrel recebe encontro nacional de universidades seniores++
 
Serpa também quer “escola ativa”++
 
Apresentados candidatos às Autárquicas ++
 
Santiagro encerra com Matias Damásio++
 
Ateliês de verão em Moura++
 
Centro de Paralisia de Beja inaugura parque infantil adaptado++
 
 
 
 
 
Vinhos
Até já!


Em 2013 o “Diário do Alentejo” brilhará sobre o vinho e outras bebidas de bom espírito com novas nuances e criativos suportes. Após um longo período de contacto com o leitor, através desta coluna semanal, volto à Universidade preparando a vindima de mais um grau académico e o empolgante contacto com novos métodos e técnicas que fazem da Enologia uma ciência viva e um suporte fiável para a elaboração da mais humana das bebidas: o vinho.
Quando tomei a decisão de me transferir da Engenharia Civil para a Viticultura e Enologia não esperava ser tão bem acolhido e mimado pela fileira do vinho como tenho vindo a ser. Serei para sempre devedor a centenas de profissionais – produtores, enólogos, técnicos, comerciais, outros escritores e enófilos - que me dedicam algum tempo e muito carinho. A retribuição só pode ser com disponibilidade para fazer mais e melhor. Creio que a minha vida profissional é um exemplo de formação contínua e quero deixar, sempre, uma porta aberta para a formação e educação de novos públicos e profissionais do vinho.
Apesar de se tratar de um “até já”, deixo sabores de agradecimento para os milhares de leitores e para os meus colegas da redação.
Apesar de ser o testemunho líquido da história da civilização europeia ocidental, hoje em dia, mantemos todas as funções culturais do vinho, acentuando a nova dimensão medicinal benigna, quando ingerido com moderação, e reconhecendo-‑o como um produto natural, aculturado ao capitalismo e à economia de mercado. A intensa representação social do vinho transporta-o para todos os eventos da nossa vida privada. No mundo lusófono, não se concebe a celebração de um batismo, de um casamento ou de um aniversário sem a festividade que o vinho transmite.
Afinal a vinha tem um ciclo vegetativo da mesma dimensão da gravidez da mulher. Tal como nós o vinho tem diversos humores durante a sua vida: um dia apresenta-se vivo e expressivo; noutro momento revela-se fechado e desinteressante. Tem corpo de perceção física e espírito etéreo mas personalizado e inebriante. E envelhece irremediavelmente, assistindo ao surgimento de novas colheitas, tal como nós.



Vinho de Calendário


Já se encontra on line e de acesso gratuito o novo guia “Copo & Alma, 319 Melhores Vinhos para 2012”. Só tem de entrar em www.w-anibal.com e conferir. No Alentejo tem sempre brilhado o produtor do vinho tinto IG Alentejano, Pontual, Syrah, de 2008.



Vinho Diário


Um dos vinhos que mais me impressionou na recente prova cega que irá dar origem ao meu “Guia Popular de Vinhos”, edição 2013, já disponível nas livrarias e nos supermercados, foi o tinto DO Alentejano Marquês de Borba de 2011. Compra segura em qualquer prateleira.


Aníbal Coutinho






 
 
 
 
  • http://www.yakademia.com http://www.artblows.com http://www.sensepam.com/ http://www.footneuf.com/ http://www.bestsextv.com http://www.nyctrio.com/ http://www.sexboxvideo.com/ http://www.sibura.com