segunda-feira
20 de Fevereiro de 2017 - 15:26
Subscrever feed Add to Google Subscrever num leitor de feeds
 
Destaque
“As mulheres têm de estar presentes na revolução tecnológica”
 
Destaque
Litoral luta contra prospeção de petróleo
 
AGENDA
Paulo Ribeiro apresenta novo álbum em Grândola
semana
 
Alqueva mostra-se em Paris ++
 
Executivo não divulga custo da RuralBeja, denuncia PS ++
 
Escola de Odemira volta a estar no pódio da reciclagem ++
 
Aprovada requalificação do Mercado Municipal de Serpa++
 
Moura assinala Semana do Idoso ++
 
Obras de Alqueva deixam estradas de Aljustrel em “estado calamitoso” ++
 
Lince ibérico Lítio regressa ao Vale do Guadiana ++
 
Encontros com a Dança em Mértola até novembro ++
 
Ordem dos Médicos de Beja debate A saúde e o interior” ++
 
Aljustrel prepara projeto “Cante à Mesa” ++
 
“Mar de Sines” vence prémio de “Melhor Filme Etnográfico” no Brasil++
 
Dia Europeu sem Carros em Aljustrel ++
 
“El País” e “Le Monde” rendidos a António Zambujo ++
 
Vinhos da costa alentejana envelhecidos no fundo do mar++
 
Documentário “Mar de Sines” mostra-se ao mundo ++
 
PS de castro acusa CDU de não querer baixar IRS no concelho++
 
Ana Moura atua em Sines no sábado++
 
José Cid e Marante nas festas de Beringel++
 
Associação alentejana Cultivamos Cultura representa Portugal na 1.ª Bienal de Design de Londres ++
 
Bejense António Vilhena será o único português em feira literária no Brasil++
 
 
 
 
 
 
16-05-2014 9:54:22
 

Foi a primeira instituição particular de ensino infantil a surgir na capital de distrito. Faz este mês 60 anos e nasceu por iniciativa de Felisbela Santos Parrinha, professora, mãe, “senhora dos sete ofícios” e benemérita vinda de uma família ligada à educação. Hoje o Jardim Infantil Nossa Senhora da Conceição é uma sociedade por quotas, dirigida por quatro mulheres, que têm entre mãos a difícil tarefa de gerir um colégio privado, entre as sucessivas exigências do   ler  ++  
 

 
20-09-2013 10:32:00
 


Rituais satânicos. Missas negras, em locais urbanos, em locais isolados. Em locais propícios a práticas esotéricas. Em igrejas, cemitérios, em pinhais, matas. Tudo isto já aconteceu e continua a acontecer na região, desde o interior ao litoral. Mas há algo que persiste com frequência: manifestações significativas contra o património religioso. Só no território da Diocese de Beja já se registaram mais de três dezenas. Em Santiago do Cacém, por exemplo, há uma ermida que voltou a   ler  ++  
 

 
28-03-2013 16:26:39
 

Recentemente foi roubado o sino da ermida de Santo António dos Açores, ou não fossem os objetos metálicos, neste momento, os mais apetecidos. Mas a este furto, só este ano, já se somam mais sete. A juntar a mais 11 do ano passado. Ainda assim, a área de intervenção da Diocese de Beja não tem sido muito fustigada, quando comparada com outras. E o Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja, depois de tantos anos, garante que prossegue com   ler  ++  
 

 
13-04-2012 10:47:14
 


Em 2012 comemora-se o Ano Europeu do Envelhecimento Ativo e da Solidariedade entre Gerações. O “Diário do Alentejo” dá-lhe a conhecer as histórias de quem escolhe viver positivamente até ao fim, deixando o seu contributo, independentemente da sua idade. Este país é para velhos.


Texto Bruna Soares Fotos José Ferrolho e José Serrano



O Ano Europeu do Envelhecimento Ativo e da Solidariedade entre Gerações pretende chamar a atenção para a importância do contributo dos mais velhos   ler  ++  

 

 
17-02-2012 11:26:03
 

Trindade sofre do mesmo mal que muitas freguesias do Alentejo: a fuga de população para a cidade. Já foram mais. Hoje, segundo o último Censos, apenas 276 pessoas resistem na povoação. Na terra são muitos os temas de conversa, que vão desde a política ao Carnaval, que já não tem a força de outros tempos, mas que ainda faz rodopiar os habitantes num bailarico de máscaras, ou caraças, como lhe chamam os homens da terra.



Texto   ler  ++  
 

 
10-02-2012 9:44:47
 

Em Santo Amador, cada dia de sol que amanhece é acolhido com apreensão na praça junto à igreja, onde tudo se discute. A seca ameaça a pequena agricultura local, e o Governo o seu estatuto de freguesia, por estar aquém dos 500 habitantes requeridos na reforma da administração local. O que lhe vale é o vizinho Ardila, antiga fonte de sustento e agora espaço sobretudo de lazer, para pescarias e festejos. E a juventude, pouca,   ler  ++  
 

 
06-02-2012 15:13:08
 
 

 
02-12-2011 12:16:49
 
 

 
28-11-2011 12:25:42
 
 

 
25-11-2011 11:18:10
 
 

 
18-11-2011 11:20:38
 
 

 
15-11-2011 14:37:32
 
 

 
04-11-2011 12:22:38
 
 

 
28-10-2011 10:28:44