sábado
16 de Dezembro de 2017 - 20:47
Subscrever feed Add to Google Subscrever num leitor de feeds
 
Destaque
Bonecos de Estremoz são património da Unesco
 
Destaque
Jorge Freitas Branco: estudioso das culturas populares contemporâneas
 
AGENDA
Conservatório Regional do Baixo Alentejo celebra 20 anos
semana
 
Almoço de Natal para idosos e pensionistas de Aljustrel ++
 
Uma tonelada de azeitona apreendida em Baleizão ++
 
Projetos Volta de Apoio ao Emprego apresentados em Beja++
 
ACOS e Cebal finalistas de prémio do Crédito Agrícola++
 
castro Verde promove venda de natal com produtos a preços acessíveis++
 
Feira do Sótão e Artesanato em Serpa++
 
Trabalhadores da Somincor marcam terceira greve do ano++
 
Mértola aprova Plano Municipal Defesa da Floresta Contra Incêndios++
 
Conselho consultivo de Vidigueira++
 
Vidigueira promove atividades nas férias de Natal++
 
Ceia Solidária da Cruz Vermelha++
 
“Cantes de Natal do Alentejo” na Basílica de castro Verde++
 
 
 
 
 
 
30-05-2017 9:14:48
 

Texto Paulo Barriga Fotos Rui Cambraia

MODELANDO
“Entrei tarde para a escola, já tinha sete anos”. Tarde e a más horas, poderia acrescentar Isaclino Francisco da Palma. A primeira professora que lhe coube em sorte, a D. Matilde, abandonou a classe ao fim de alguns meses em virtude do falecimento do marido. Veio outra lá da zona da Covilhã que “ainda por cá durou menos tempo” e a que se seguiu, D. Maria João, não achou jeito que   ler  ++  
 

 
23-05-2017 9:12:38
 

Texto Paulo Barriga Fotos Rui Cambraia

REZANDO
Manuel António Guerreiro do Rosário, 53 anos, padre. “Se pudesse voltar atrás não escolheria outra vida”. Voltar atrás seria regressar ao dia 3 de julho de 1988, quando foi ordenado sacerdote numa região muito pouco dada a vocações. “O meu pai era GNR, pelo que andámos sempre de casa às costas… a minha ligação com a fé vem dessas andanças”. Vila Alva. Vila Nova da Baronia. Alvito. Cuba. Beja, para estudos   ler  ++  
 

 
17-05-2017 9:23:44
 

Texto Paulo Barriga Fotos Rui Cambraia

NASCENDO

Santiago nasceu no domingo, 7 de maio, às 7 e 39 horas, no Hospital José Joaquim Fernandes. “Pesa quatro quilos. Tive sete horas em trabalhos de parto… Foi tão cansativo para mim, como para ele”. Foi o primeiro bebé a nascer em todo o distrito de Beja no Dia da Mãe. “É uma criança muito desejada”. A voz que fala é a de Vânia Caeiro. Mãe que deu à luz numa   ler  ++  
 

 
10-05-2017 9:30:36
 

Texto Paulo Barriga Fotos Rui Cambraia

COMERCIANDO
Rui Conceição Martins faleceu há um bom par de anos. Poucos, na cidade de Beja, com idade suficiente para tal, não se lembrarão dele por detrás do balcão da Drogaria Martins, que é aquele cubículo atafulhado em utilidades e mezinhas que faz frente ao casarão do Banco de Portugal. “O meu sogro dedicou-se a isto e tinha desgosto em fechar a loja”. O sogro, Rui Martins, sempre pretendeu gerir uma farmácia,   ler  ++  
 

 
02-05-2017 9:20:31
 

Texto Paulo Barriga Fotos Rui Cambraia

CULTIVANDO

À Herdade das Rasquinhas, que fica perto de Penedo Gordo, Beja, trouxe o cair da tarde, o vento. Em todo o redor, plainos de terra agricultável esperam pela semente e pelas pingas de água que serão largadas com milimétrica eficiência. “Isto hoje em dia é tudo com lasers, sondas, drones, computadores”, refere Pedro Mendonça Veríssimo, “esta agricultura já não é para velhos”. Aos 52 anos, o regente agrícola formado em 1985,   ler  ++  
 

 
18-04-2017 9:24:02
 

Texto Paulo Barriga Fotos Rui Cambraia

ADOÇANDO
Ao norte da Patagónia construíram os homens uma importante cidade a que deram o nome de Bariloche. Os primeiros viajantes e aventureiros europeus que se atreveram por entre o rendilhado de lagos e de montanhas daquela terra do fim do mundo chamaram-lhe “a Suíça na Argentina”. E muitos deles, austríacos, alemães, suíços, já de lá não retornaram. “Há na minha terra uma colónia importante de europeus que começou a fabricar chocolate   ler  ++  
 

 
11-04-2017 9:12:06
 

Texto Paulo Barriga Fotos Rui Cambraia

ESCREVENDO
Nasceu há 71 anos no seio da família dos serralheiros de S. Teotónio, Odemira. Na escola, que frequentou até concluir a quarta classe, começaram por lhe chamar Bia Serralheira. Casou aos 20, na Zambujeira do Mar, e uma das prendas que lhe calhou na boda foi o próprio nome próprio do marido: Bia do Fernando. “Nisto, a minha vida está marcada pelo 20”. Passadas exatamente duas décadas, com a morte prematura   ler  ++  
 

 
04-04-2017 9:51:12
 
 
 
 
 
  • http://www.yakademia.com http://www.artblows.com http://www.sensepam.com/ http://www.footneuf.com/ http://www.bestsextv.com http://www.nyctrio.com/ http://www.sexboxvideo.com/ http://www.sibura.com