terça-feira
25 de Julho de 2017 - 21:54
Subscrever feed Add to Google Subscrever num leitor de feeds
 
Destaque
As alterações climáticas provocadas pelas atividades humanas estão a matar a floresta de sobro e de azinho
 
Destaque
Saíram do País rural para África para defender a nação. No regresso não traziam só saudades. Com eles vinha “uma coisa” que só descobriram muitos anos depois: stresse pós-traumático
 
AGENDA
Museu da Ruralidade celebra seis anos
semana
 
Alqueva adota medidas contra a seca ++
 
ACT promove seminário em Beja ++
 
Festa de Santa Maria na Amareleja ++
 
Sines recebe ação contra prospeção e exploração de petróleo e gás++
 
Morreu Guilhermino Ramos ++
 
Um morto em despiste em Aljustrel++
 
Obras na praça da República em Beja ++
 
União de freguesias de Moura e Santo Amador oferece livros de fichas++
 
Intervenção Precoce na Infância em Moura++
 
EMAS promove ações para os centros de atividades de tempos livres ++
 
Feira anual de setembro, em Moura, realiza-se entre os dias 8 e 10 ++
 
Aldeia de São Domingos recuperada ++
 
 
 
 
 
 
21-07-2017 10:31:59
 

Emboscadas, ataques, rebentamentos e tiros, feridos graves, mortes, colegas de armas mutilados, enterros sem qualquer dignidade, corpos abandonados pela nação, medo. Medo constante de ser abatido ou feito prisioneiro. Sede, fome, incerteza e saudades da família e da terra. Mais palavra menos palavra, são os termos utilizados quer pela Liga dos Combatentes, quer pelos três ex-combatentes com quem o “Diário do Alentejo” falou e que compõem o cenário perfeito para que quem o vivenciou possa hoje,   ler  ++  
 

 
21-07-2017 10:27:58
 

Más práticas silvo-pastoris associadas às alterações climáticas a nível global estão a conduzir ao declínio a floresta de sobreiros e de azinheiras. Quem o diz é Claudino Matos, o agricultor-cientista que é diretor-geral da maior associação de agricultores do Alentejo, a ACOS, e vice-presidente do único centro de biotecnologia agrícola e agroalimentar da região, o Cebal. Aos 59 anos, este engenheiro zootécnico que se especializou em produção animal geral nas universidades de Illinois e Wisconsin, nos   ler  ++  
 

 
14-07-2017 10:29:20
 

Não foi bem um “azar”, aquilo que sucedeu na vida de António Quadros e Costa, “foi um obstáculo”. Apenas mais um. Aos 15 anos ninguém lhe tirava da cabeça a ideia de vir a ser cavaleiro profissional. Recebia aulas escolares de manhã e lições de equitação à tarde. Todos os dias. “Gostava tanto que pensei mesmo em fazer vida dos cavalos”. E não foi o primeiro diagnóstico médico, atrofia muscular espinhal do tipo 3, que logo   ler  ++  
 

 
14-07-2017 10:27:50
 

A serra de Serpa ocupa 40 por cento do concelho. É um dos lugares onde ainda se ouvem apenas os sons da fauna local, onde há pessoas que vivem de bem com a vida, mas sem eletricidade ou água canalizada. Caminhos de terra batida, montes e lugarejos escondidos, onde só vai quem sabe, casas sem telhado, onde algumas árvores optaram por viver, pequenos rebanhos de ovelhas, espantados com a nossa presença, hortas e pessoas. Pessoas simples,   ler  ++  
 

 
07-07-2017 10:38:39
 


Aquele que foi um espaço de comércio dos mais antigos de Beja, herdeiro da Jaldom fundada em 1880, mercearia que Armando Inácio Gonçalves toma de trespasse em 1925 e a que deu o nome de Casa Natal. Com torrefação e moagem de café, produzia um lote especial que adotou o nome da casa e que a projetou junto do público. E foi com esse lote que concorreu “à Exposição Industrial de 1930 e conseguiu alcançar o   ler  ++  
 

 
07-07-2017 10:34:16
 

“Notam” é uma mensagem aeronáutica que funciona como um aviso à navegação e, nos últimos dias, os proprietários de drones têm recebido imensos, depois de terem sido registados vários incidentes com aviões no nosso país. Mas desengane-se quem pense que o mundo dos drones é um mundo sem regras e sem leis. No final do ano passado foi criada regulamentação que pode levar a “arrumar” no armário a maquineta, e só mesmo os mais entusiastas se   ler  ++  
 

 
30-06-2017 12:12:34