segunda-feira
20 de Fevereiro de 2017 - 15:24
Subscrever feed Add to Google Subscrever num leitor de feeds
 
Destaque
“As mulheres têm de estar presentes na revolução tecnológica”
 
Destaque
Litoral luta contra prospeção de petróleo
 
AGENDA
Paulo Ribeiro apresenta novo álbum em Grândola
semana
 
Alqueva mostra-se em Paris ++
 
Executivo não divulga custo da RuralBeja, denuncia PS ++
 
Escola de Odemira volta a estar no pódio da reciclagem ++
 
Aprovada requalificação do Mercado Municipal de Serpa++
 
Moura assinala Semana do Idoso ++
 
Obras de Alqueva deixam estradas de Aljustrel em “estado calamitoso” ++
 
Lince ibérico Lítio regressa ao Vale do Guadiana ++
 
Encontros com a Dança em Mértola até novembro ++
 
Ordem dos Médicos de Beja debate A saúde e o interior” ++
 
Aljustrel prepara projeto “Cante à Mesa” ++
 
“Mar de Sines” vence prémio de “Melhor Filme Etnográfico” no Brasil++
 
Dia Europeu sem Carros em Aljustrel ++
 
“El País” e “Le Monde” rendidos a António Zambujo ++
 
Vinhos da costa alentejana envelhecidos no fundo do mar++
 
Documentário “Mar de Sines” mostra-se ao mundo ++
 
PS de castro acusa CDU de não querer baixar IRS no concelho++
 
Ana Moura atua em Sines no sábado++
 
José Cid e Marante nas festas de Beringel++
 
Associação alentejana Cultivamos Cultura representa Portugal na 1.ª Bienal de Design de Londres ++
 
Bejense António Vilhena será o único português em feira literária no Brasil++
 
 
 
 
 
Executivo não divulga custo da RuralBeja, denuncia PS
 
17-10-2016 11:37:44
  A     A     A  
 

O vereador do PS na Câmara de Beja, Rui Marreiros, denuncia que o custo total da RuralBeja, evento que decorreu recentemente na cidade, tem sido “mantido em segredo” pelo executivo da CDU e que este é mais um exemplo de que “a democracia e a pluralidade democrática não são praticadas” nesta gestão e que a “transparência se perdeu há muito”. Segundo o eleito socialista, na última reunião de câmara, no dia 12, “à qual o presidente, João Rocha, voltou a faltar”, o executivo CDU foi questionado sobre a RuralBeja, mas optou por não responder, remetendo para “um relatório futuro a apresentar não se sabe quando, como e com que grau de detalhe”. Rui Marreiros quer saber, por exemplo, como se justifica o “devaneio” de mais de 500 mil euros, “o custo total conhecido até ao momento”; qual o valor total adjudicado à empresa Npimenta, “que ainda não é público”; e ainda quem contratou e como vão ser pagos os artistas que atuaram durante todos os dias da feira.   
 
 
 
 
  • http://www.yakademia.com http://www.artblows.com http://www.sensepam.com/ http://www.footneuf.com/ http://www.bestsextv.com http://www.nyctrio.com/ http://www.sexboxvideo.com/ http://www.sibura.com