quinta-feira
17 de Agosto de 2017 - 02:58
Subscrever feed Add to Google Subscrever num leitor de feeds
 
Destaque
Um tema de sempre a que a situação atual de seca extrema veio dar mais visibilidade. A falta de
 
Destaque
Superintendente Raul Glória Dias, comandante distrital da PSP de Beja, diz que policiamento de bairro “vai avançar em todos os bairros da cidade”
 
AGENDA
Cidade de Beja homenageia Santa Maria
semana
 
Bombeiros de Beja em Abrantes e Grândola ++
 
Vidigueira assinala Dia Internacional da Juventude++
 
Beja apoia incêndio em Abrantes++
 
Detida por tráfico de estupefacientes em Saboia ++
 
“Gestos ancestrais. Objetos de ontem e de hoje em exposição em Mombeja ++
 
Semana Cultural Carpe Diem chega ao fim no Sábado ++
 
Figueira dos Cavaleiros recebe Feira do Melão ++
 
Espetáculo solidário com António Zambujo em Mombeja++
 
Corrida de touros homenageia Manuel Almodôvar++
 
Piscinas descobertas de Mértola reabrem na sexta-feira++
 
Bombeiros de castro feridos em acidente de viação++
 
Ricardo e Henrique e Rebeca animam Festas de Quintos ++
 
 
 
 
 
Ana Paula Figueira apresenta novo livro dirigido a crianças
 
02-06-2014 11:31:36
  A     A     A  
 

Será que amanhã ainda me amas?, a última obra de autoria de Ana Paula Figueira, com ilustrações de Sónia Oliveira e editada pela Coisas de Ler, vai ser apresentada na próxima quarta-feira, dia 4, pelas 18 horas, na Livraria Bulhosa, em Entrecampos, Lisboa. A apresentação vai estar a cargo de Maria de Jesus Barroso Soares, presidente da Fundação Prodignitate – Fundação de Direitos Humanos, que chancelou a obra, e contará com a colaboração de Luísa Amaro, intérprete e compositora pioneira da guitarra portuguesa.

Será que amanhã ainda me amas? é o primeiro livro de uma coleção de quatro, ilustrados pela Sónia Oliveira, e dirigidos especialmente ao segmento 7-9/10 anos. Cada um dos livros aborda um tema diferente – o divórcio, a violência doméstica, o luto e a vivência com pais com doenças mentais – “desenvolvido na ótica da criança e considerado atualmente de enorme importância por variadas organizações com responsabilidade ao nível do crescimento, educação e proteção das crianças”, adianta a autora.

A coleção tem como objetivo “familiarizar a criança com o potencial problema, relatando-o mas procurando desdramatizá-lo e, especialmente, mostrar-lhe o caminho da solução, por forma a evitar o mais possível as perturbações inerentes. No fundo é valorizar a vertente pedagógica, em prol da inclusão, da coesão social e do desenvolvimento da criança”. Por isso, “ganhou a chancela da Fundação Prodignitate – Fundação de Direitos Humanos”.



 
 
 
 
 
  • http://www.yakademia.com http://www.artblows.com http://www.sensepam.com/ http://www.footneuf.com/ http://www.bestsextv.com http://www.nyctrio.com/ http://www.sexboxvideo.com/ http://www.sibura.com