terça-feira
25 de Abril de 2017 - 13:34
Subscrever feed Add to Google Subscrever num leitor de feeds
 
Destaque
Conceição Margalha: “Temos de ir buscar a Évora aquilo que não temos cá”
 
Destaque
AeroNeo inicia obras no aeroporto até final de maio
 
AGENDA
“Alentejo: afetos e olhares da arte” na Pousada de Beja
semana
 
Libertadas em Grândola aves selvagens que foram recuperadas++
 
Câmara de Moura apoia clubes desportivos++
 
Mértola aprova Plano Operacional da floresta++
 
Câmara e a Associação de Defesa do Património apresentam iniciativa Florir Beja++
 
Mostra gastronómica em Grândola ++
 
Vila Nova de S. Bento, em Serpa, inaugura pavilhão desportivo++
 
Feira do Livro de Cuba até sábado++
 
Núcleo museológico de Aivados, em castro Verde, ganha sala de exposições++
 
Risco “muito elevado” de incêndio no distrito de Beja++
 
Biblioteca de castro Verde comemora 22.º aniversário++
 
 
 
 
 
Reconversão da agricultura no Alentejo traz “oportunidades relevantes” para investimento estrangeiro, diz ministra
 
04-01-2013 15:10:18
  A     A     A  
 

A ministra da Agricultura afirmou hoje que o trabalho de reconversão da agricultura no Alentejo, através do Alqueva, traz oportunidades relevantes para o investimento estrangeiro no setor em Portugal e para a exportação de produtos agrícolas portugueses.

É um trabalho de muito tempo e muito intenso de irrigação, de reconversão da nossa agricultura, que traz oportunidades relevantes para o investimento estrangeiro em Portugal, disse Assunção Cristas.

Assunção Cristas falava aos jornalistas durante uma visita a infraestruturas do projeto Alqueva, nos concelhos de Cuba e Ferreira do Alentejo, no distrito de Beja, acompanhando o ministro da Agricultura e Florestas da Finlândia, Jari Koskinen.

Na área de influência do Alqueva, há ótimas oportunidades para investimento estrangeiro na agricultura com estabilidade de água e sol, frisou Assunção Cristas, referindo que a água está disponível através do Alqueva.

O Alqueva, que está em fase final de conclusão, permite ter excelentes condições para a produção de muitos produtos que antes eram impensáveis no Alentejo, mas que hoje são uma realidade, como os hortícolas e os já tradicionais azeite e vinho.

Há hoje oportunidades múltiplas para produzirmos em Alqueva, sublinhou a ministra, explicando que, através da visita de hoje, quis sensibilizar a Finlândia para as oportunidades de investimento na agricultura em Portugal e em Alqueva e também para a qualidade dos produtos que saem destas nossas terras e podem encontrar no Norte da Europa bom acolhimento.

Segundo Assunção Cristas, o Governo quer sensibilizar os finlandeses para virem investir na zona de influência do Alqueva, dizendo-lhes que há agricultores disponíveis para fazerem parcerias e arrendarem terras.

Por outro lado, sublinhou, é importante sensibilizar os finlandeses para a capacidade que Portugal tem para produzir em épocas onde noutros países não se produz devido ao tempo e para a possibilidade de o país enviar os seus produtos de grande qualidade também para a Finlândia, como já está a acontecer com outros países, como a Suécia.

Em declarações aos jornalistas, o ministro da Agricultura da Finlândia, Jari Koskinen, mostrou-se muito impressionado com o projeto Alqueva, referindo que sabe muito bem que Portugal tem alguns problemas com a água e, por isso, a irrigação é uma necessidade muito importante para o país.

Assunção Cristas disse ainda que a verba de 130 milhões de euros que foi desbloqueada do Programa de Desenvolvimento Rural (Proder) para o Alqueva é a necessária para fazer face aos concursos que estão lançados e a garantia [do Governo] é que vai continuar a haver dinheiro para concluir Alqueva no âmbito do atual quadro comunitário de apoio e do próximo.



 

 
 
 
 
  • http://www.yakademia.com http://www.artblows.com http://www.sensepam.com/ http://www.footneuf.com/ http://www.bestsextv.com http://www.nyctrio.com/ http://www.sexboxvideo.com/ http://www.sibura.com