sábado
16 de Dezembro de 2017 - 20:40
Subscrever feed Add to Google Subscrever num leitor de feeds
 
Destaque
Bonecos de Estremoz são património da Unesco
 
Destaque
Jorge Freitas Branco: estudioso das culturas populares contemporâneas
 
AGENDA
Conservatório Regional do Baixo Alentejo celebra 20 anos
semana
 
Almoço de Natal para idosos e pensionistas de Aljustrel ++
 
Uma tonelada de azeitona apreendida em Baleizão ++
 
Projetos Volta de Apoio ao Emprego apresentados em Beja++
 
ACOS e Cebal finalistas de prémio do Crédito Agrícola++
 
castro Verde promove venda de natal com produtos a preços acessíveis++
 
Feira do Sótão e Artesanato em Serpa++
 
Trabalhadores da Somincor marcam terceira greve do ano++
 
Mértola aprova Plano Municipal Defesa da Floresta Contra Incêndios++
 
Conselho consultivo de Vidigueira++
 
Vidigueira promove atividades nas férias de Natal++
 
Ceia Solidária da Cruz Vermelha++
 
“Cantes de Natal do Alentejo” na Basílica de castro Verde++
 
 
 
 
 
100 anos
 
03-01-2013 14:37:55
  A     A     A  
 



José Saúde

Viajando no tempo, a minha firme convicção desportiva demanda­-‑me para esporádicos laivos que remontam a um período que leva já 100 anos de existência. Recordo que o ano de 1912, em Beja, ficou assinalado pela construção de um retângulo de jogo na antiga eira do Costa Lobo, sendo porém a novidade que o espaço detinha marcações no terreno de jogo, embora não abarcasse as respetivas e usuais balizas. Reza a história do desporto sul alentejano que o usufrutuário desse nostálgico campo era o Grupo Sportivo Bejense. Constata-se, porém, nos registos desses longínquos tempos, que existiram entretanto algumas desavenças, sendo que os dissidentes das eventuais querelas constituíram então o Académico Sport Clube. Um clube que se assumiu depois como a raiz do Football Clube Glória ou Morte, coletividade “paxjuliana” fundada em finais do ano de 1913. Ao longo de 1913 o Sportivo e o Académico, ombreavam na tentativa de chamarem para si os fundamentalismos do futebol na cidade. A rivalidade prevalecia e constata-se que no dia 7 de junho, incluído no programa das Festas da Cidade, os clubes mediram meças. Reconhece­‑se que estas achas outrora lançadas para a efervescência desportiva, terão sido determinantes para a evolução do futebol em Beja e, logicamente, no distrito. Hoje, 2013, com 100 anos decorridos, assistimos a contornos diametralmente opostos a um passado que se revê, apenas, em genuínas páginas de saudade. Beja, assim como toda a sua região, detém na atualidade infraestruturas desportivas que assumem a justa determinação autárquica em dotar as populações com evidentes modernizações de espaços desportivos, que conduzem o ser humano a uma prática física salutar. Foram, sem dúvida, 100 anos de franca ascensão, principalmente a partir da Revolução de Abril de 1974. Bem-haja, tão felizes iniciativas que jamais se quedaram pelos avarentos trilhos do esquecimento.
 
 
 
 
  • http://www.yakademia.com http://www.artblows.com http://www.sensepam.com/ http://www.footneuf.com/ http://www.bestsextv.com http://www.nyctrio.com/ http://www.sexboxvideo.com/ http://www.sibura.com