quinta-feira
17 de Agosto de 2017 - 02:47
Subscrever feed Add to Google Subscrever num leitor de feeds
 
Destaque
Um tema de sempre a que a situação atual de seca extrema veio dar mais visibilidade. A falta de
 
Destaque
Superintendente Raul Glória Dias, comandante distrital da PSP de Beja, diz que policiamento de bairro “vai avançar em todos os bairros da cidade”
 
AGENDA
Cidade de Beja homenageia Santa Maria
semana
 
Bombeiros de Beja em Abrantes e Grândola ++
 
Vidigueira assinala Dia Internacional da Juventude++
 
Beja apoia incêndio em Abrantes++
 
Detida por tráfico de estupefacientes em Saboia ++
 
“Gestos ancestrais. Objetos de ontem e de hoje em exposição em Mombeja ++
 
Semana Cultural Carpe Diem chega ao fim no Sábado ++
 
Figueira dos Cavaleiros recebe Feira do Melão ++
 
Espetáculo solidário com António Zambujo em Mombeja++
 
Corrida de touros homenageia Manuel Almodôvar++
 
Piscinas descobertas de Mértola reabrem na sexta-feira++
 
Bombeiros de castro feridos em acidente de viação++
 
Ricardo e Henrique e Rebeca animam Festas de Quintos ++
 
 
 
 
 
Prisão de Beja
 
17-12-2012 10:40:45
  A     A     A  
 
Leitora anónima


Gostava muito que esta carta fosse publicada para que as pessoas pudessem conhecer uma realidade que se vive na prisão de Beja.
Atualmente, os reclusos da prisão de Beja queixam-se aos seus familiares de fome, além da comida ser de muito má qualidade (carne de frango verde e azulada por dentro) e pouca. Raramente há repetições, nem sopa há para repetir. Às vezes têm comida nos tabuleiros e dizem que não podem dar mais. Quando se queixam aos guardas de serviço, é o mesmo que nada, os chefes fingem que não ouvem. Ninguém faz nada, os rapazes entram para lá e ao fim de duas semanas já estão a ficar esqueléticos. Só é permitido levar para o estabelecimento um quilo de comida e uma vez por semana.
Isto é uma vergonha. Estamos em crise, a ministra da Justiça diz que cada recluso custa 40 euros por dia, mas não é da comida que lhes dão. Antes davam o que chamam de reforço, um pacote de leite ou sumo e um queque. Há mais de um mês que não dão queques.
Eu sou mãe, tenho que me manter no anonimato. Vivemos num país democrático, mas nem sempre podemos revelar as realidades, quem paga são sempre os mais fracos, aqueles que não se conseguem defender.

 
 
 
 
  • http://www.yakademia.com http://www.artblows.com http://www.sensepam.com/ http://www.footneuf.com/ http://www.bestsextv.com http://www.nyctrio.com/ http://www.sexboxvideo.com/ http://www.sibura.com