quinta-feira
17 de Agosto de 2017 - 02:52
Subscrever feed Add to Google Subscrever num leitor de feeds
 
Destaque
Um tema de sempre a que a situação atual de seca extrema veio dar mais visibilidade. A falta de
 
Destaque
Superintendente Raul Glória Dias, comandante distrital da PSP de Beja, diz que policiamento de bairro “vai avançar em todos os bairros da cidade”
 
AGENDA
Cidade de Beja homenageia Santa Maria
semana
 
Bombeiros de Beja em Abrantes e Grândola ++
 
Vidigueira assinala Dia Internacional da Juventude++
 
Beja apoia incêndio em Abrantes++
 
Detida por tráfico de estupefacientes em Saboia ++
 
“Gestos ancestrais. Objetos de ontem e de hoje em exposição em Mombeja ++
 
Semana Cultural Carpe Diem chega ao fim no Sábado ++
 
Figueira dos Cavaleiros recebe Feira do Melão ++
 
Espetáculo solidário com António Zambujo em Mombeja++
 
Corrida de touros homenageia Manuel Almodôvar++
 
Piscinas descobertas de Mértola reabrem na sexta-feira++
 
Bombeiros de castro feridos em acidente de viação++
 
Ricardo e Henrique e Rebeca animam Festas de Quintos ++
 
 
 
 
 
Filatelia


Solidariedade Social
em selos de Macau


Os correios de Macau puseram em circulação no dia 8 uma emissão de quatro selos e um bloco com um para assinalar os 125 anos de vida da Associação de Solidariedade Social Tung Sin Tong. Os selos têm as franquias de 2, 3, 4,50, 5,50 e 12 patacas e todos eles nos mostram alguns aspetos das diversas áreas – saúde, instrução e outras – em que esta benemérita associação desenvolve a sua atividade de solidariedade para com os mais necessitados.
No período compreendido, grosso modo, entre as guerras mundiais de 1914/1918 e 1939/1945, a população do território de Macau triplicou devido ao enorme afluxo de refugiados que fugiam aos horrores da guerra. Tal facto levou a um cenário de enormes carências de toda esta população, que procurou abrigo seguro em Macau.
A Associação de Solidariedade Social Tung Sin Tong, já então com mais de meio século de vida, de imediato desenvolveu os seus esforços para atender as centenas de milhares de necessitados e assim atenuar o seu sofrimento.  
Curiosamente esta associação de solidariedade macaense tem a sua sede na rua Camilo Pessanha, ilustre homem de letras que também no próximo dia 7 de setembro será objeto de uma emissão que terá dois selos e um bloco com as franquias de 2 e 5,50 e 12 patacas. 
Camilo Pessanha, por motivos profissionais, passou as suas três últimas décadas de vida, como professor liceal, em Macau, território onde viria a falecer em 1926.
Expoente máximo do “simbolismo português”, os seus poemas fizeram parte do programa do 2.º ciclo (letras) antes da Revolução de Abril.  
O plano de emissões filatélicas de Macau para este ano tem oito emissões, cinco das quais já se encontram em circulação.
As que se seguem são: no dia 7 de setembro o 150.º aniversário do Nascimento de Camilo Pessanha, no dia 9 de outubro a emissão Flor de Lótus e, no dia 10 de novembro, o Mobiliário Chinês.
As anteriores emissões foram dedicadas a: O Ano Lunar do Galo, no dia 5 de janeiro; Macau – Volta às Raízes Comuns, no dia 10 de fevereiro; Cultura Tradicional Chinesa, em 3 de março; e Ano Lunar do Galo (etiquetas de impressão de franquia automática), a 17 de maio.
Os filatelistas interessados em colecionar selos de Macau podem adquiri-los (ou encomendá-los) através do endereço filatelia@ctt.pt, em qualquer loja dos correios do País ou através do sítio www.ctt.gov.mo


Fontes:  www.ctt.gov.mo

Geada de Sousa





 
 
 
 
  • http://www.yakademia.com http://www.artblows.com http://www.sensepam.com/ http://www.footneuf.com/ http://www.bestsextv.com http://www.nyctrio.com/ http://www.sexboxvideo.com/ http://www.sibura.com